Realizada a 3ª Edição do Curso Professional Speaker em Porto Alegre/RS

[23/08/2016]

Foi um sucesso a terceira edição do Curso Professional Speaker – Capacitação para a Carreira de Palestrante da Sociedade Brasileira de Palestrantes.

Entre as personalidades que estiveram fazendo o curso estava o atleta André Neumann (no centro da foto), recordista e campeão mundial de Levantamento Terra categoria até 90kg. Com 18 anos de carreira no esporte, Neumann tem 13 títulos brasileiros, 2 paranaenses, 2 sul-americanos, 2 mundiais, e 1 recorde mundial. Preparador Físico de Atletas de Elite, incluído o lutador de MMA Mauricio Milani Rua, o Shogun , Neumann é Campeão Mundial de DEADLIFT e  Recordista Mundial 320 kg categoria até 90kg.

 

IMG_7507b

Como as palestras do TED podem inspirar uma boa apresentação

 

Fazer uma apresentação bem-sucedida pode ser um desafio para muitas pessoas, mas existem diversas estratégias para adotar e simplificar esse trabalho. Uma boa fonte de inspiração em termos de formato, tempo, recursos visuais e retórica são as TED Talks, que ocorrem em todo o mundo. O que podemos aprender com essas palestras do TED para elaborar boas apresentações? Confira:

Atualize temas, dTedxados e exemplos

Para que sua apresentação seja mais efetiva e bem-sucedida, não deixe de fazer uma pesquisa minuciosa para encontrar os temas, exemplos e dados mais atuais. Dar uma palestra com números ultrapassados desvaloriza seu trabalho e desmotiva sua audiência.

Comece com uma introdução forte e engajante

Para engajar sua audiência logo nos primeiros minutos de palestra, não deixe de começar sua apresentação com uma introdução forte. Isso pode ser feito por meio de uma história pessoal, uma anedota ou até mesmo um exemplo que ilustra o tema sobre o qual você vai tratar.

Um bom exemplo disso é a TED Talk de Julian Treasure, sobre como falar de forma que as pessoas realmente te escutem.

Conte a história do seu jeito

Ao planejar uma apresentação, evite o clichê. Independentemente do tema e da área, procure fazer algo que tenha a ver com você, com seu estilo e sua personalidade. Além de te deixar mais confortável, essa é uma estratégica que torna o conteúdo mais memorável, já que ele será apresentado de forma única, condizente com suas características pessoais.

Confira o a TED Talk da Alix Generous, que fala com muita ironia, sarcasmo e até mesmo sua estranheza particular, mas que assim consegue fazer com que sua palestra seja memorável.

Não ultrapasse o limite de tempo estabelecido

Uma palestra não precisa ser longa para ser boa. Muitas vezes, menos é mais! Caso seu planejamento de apresentação esteja longo demais, isso pode significar que você não teve objetividade suficiente para dizer o que realmente importa em poucos minutos.

Veja a TED Talk de Ric Elias, que sobreviveu ao pouso de emergência de um avião no Rio Hudson, em Nova York. Em exatos 5 minutos, ele dá uma lição de vida.

Evite textos em slides

Seus slides de apresentação são um recurso adicional para a sua fala. Eles não precisam refletir exatamente o texto que você está dizendo nem mesmo conter os tópicos que você apresenta. Na verdade, podem ser ilustrações, imagens, logos, vídeos curtos etc. Confira a TED Talk de Rachel Botsman sobre consumo colaborativo e constate um bom uso de slides durante uma palestra.

Pratique, pratique e pratique

Esse foi um erro que talvez Jout Jout Prazer (Julia Tolezano) tenha cometido na TED Talk dela. Ao ver o vídeo da apresentação, fica claro que ela é uma pessoa bastante espontânea, e seu carisma decorre justamente disso.

Talvez seja essa a razão pela qual ela não praticou sua palestra suficientemente a ponto de lembrar todos os argumentos. Em alguns minutos, ela esquece o que deveria falar e acaba tendo que lidar com o silêncio completo da plateia. Evite isso praticando, em voz alta, o que você vai dizer.

 

Fonte: Smartalk

NO AR! Lançado oficialmente o Curso EAD Basic Speaker – plataforma ONLINE – da SBP

[22/04/2016]

Foi lançado oficialmente, no último dia 13, o CURSO BASIC SPEAKER, modalidade em formato EAD (Ensino a Distância), da Sociedade Brasileira de Palestrantes.

O Curso, que é 100% ONLINE, foi elaborado para oferecer ao aluno um conteúdo diferenciado que transmite todos os aspectos fundamentais para o desenvolvimento da carreira do palestrante profissional.

São 10 módulos que contemplam 38 temas:EAD-completo-final-01

Módulo 1- ORATÓRIA – HISTÓRIA E FUNDAMENTOS

Módulo 2- VENCENDO O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

Módulo 3- CONQUISTANDO HABILIDADES BÁSICAS

Módulo 4- CONHECENDO O PÚBLICO – CARACTERÍSTICAS DO AUDITÓRIO

Módulo 5- CONSTRUINDO O ROTEIRO

Módulo 6- CONSTRUINDO A PALESTRA

Módulo 7- DURANTE A PALESTRA (DE PALESTRANTE PARA PALESTRANTE)

Módulo 8- RECURSOS TÉCNICOS

Módulo 9- LIDANDO COM AS PERGUNTAS DO AUDITÓRIO

Módulo 10- DESCOBRINDO SEU PERFIL DE PALESTRANTE

 

Assista o vídeo demonstrativo:

 

BÔNUS ESPECIAL: Um grande diferencial oferecido aos alunos do Curso EAD Basic Speaker é a oportunidade de enviar sua palestra em vídeo e em formato de apresentação (PPT) para serem avaliados pela equipe de especialistas da SBP após o final do curso!

 

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: http://sbpalestrantes.com.br/ead-basic-speaker/

DÚVIDAS: Envie um e-mail para: atendimento@sbpalestrantes.com.br ou ligue 51 3907-7707.

 

Medo de falar em público está acima do medo da MORTE, segundo pesquisa americana

[06-04-2016]

O Curso Professional Speaker terá sua 2º Edição em Maio de 2016, Inscreva-se!

“Se você sente medo de falar em público e acha que esse é um problema de alguns poucos desafortunados, está equivocado. Vários estudos, como a pesquisa realizada com 3.000 americanos e publicada pelo jornal “Sunday Times”, demonstram que o medo de falar em público é o maior medo do homem.

Mesmo considerando que a pesquisa esteja comprometida pela época ou local onde foi realizada, o medo de falar em público estaria entre os primeiros apontados pelo homem. Só para dar uma ideia, veja quais são os principais medos apontados na pesquisa:

1º – Medo de falar em público
2º – Medo de altura
3º – Medo de problemas financeiros, de doenças e de águas profundas
4º – Medo da morte

Algumas citações foram atribuídas a tantos autores diferentes que não me atrevo a cravar com certeza quem disse ou escreveu as pérolas pela primeira vez. Só revelo que não são de minha autoria. Essas frases, que fazem parte do anedotário mundial, mostram bem o nervosismo que algumas pessoas sentem quando precisam falar em público.

A primeira é a seguinte:

O cérebro é uma coisa maravilhosa. Começa a funcionar no instante em que nascemos, e só para na hora em que precisamos fazer um discurso diante da plateia.

A outra também é curiosa:

Quando me encaminho para a tribuna para fazer um discurso só Deus sabe o que vou falar. Quando começo a falar, nem Deus sabe mais.

Muitas das mais importantes personalidades da história revelaram sentir muito medo de falar em público. Mahatma Gandhi, por exemplo. Depois de ter se formado em direito, procurou uma forma de contornar seu incontrolável nervosismo. Ao fazer sua primeira apresentação oral, redigiu o discurso, pois assim não se perderia diante do público.

Supunha que com o discurso escrito se sentiria mais à vontade. A solução idealizada por Gandhi, entretanto, não foi bem-sucedida. O seu nervosismo era tão acentuado que, ao se apresentar diante da plateia, as mãos tremiam tanto que não conseguiam suportar as folhas de papel, impedindo que ele lesse o que estava escrito. Esse advogado tão tímido e inseguro tornou-se depois um dos maiores líderes da história mundial.

O russo Leon Tolstoi, um dos maiores nomes da literatura de todos os tempos, também tinha muito medo de falar em público. Na obra “Guerra e Paz” o escritor descreve uma cena interessante. Em uma das passagens, conta como a personagem Pierre Bezúkhov, depois de falar para os maçons e ter sido malsucedido, enfrenta períodos de frustração e depressão.

Aylmer Maude, responsável pela tradução, revela em nota explicativa que o incidente se refere à dificuldade que o próprio Tolstoi sentia para falar em público. Comenta que nas poucas vezes em que ele se atreveu a proferir discursos em público se sentiu muito desconfortável e não obteve bons resultados.

A história das pessoas importantes que sentem medo de falar em público vem de longe. Isócrates viveu de 436 a 338 a.C. Foi discípulo de Górgias e um dos mais destacados retores da Grécia antiga. Teve o mérito de ampliar o estudo da oratória, acrescentando à retórica boa parte da filosofia que aprendeu também como discípulo de Sócrates.

O fato curioso é que Isócrates, ainda que tenha sido um dos mais profundos estudiosos da retórica, chegando mesmo a implantar essa disciplina no currículo escolar ateniense, nunca proferiu um só discurso. Apenas estudou sua técnica e os escreveu. Fugia da tribuna por causa da voz defeituosa para a oratória e do pavor incontrolado para falar em público.

Viajando no tempo até os nossos dias, temos vários exemplos de pessoas renomadas que sentem medo de falar em público. Um deles é o escritor Paulo Coelho, chamado de cidadão do mundo, que em diversas entrevistas confessou esse desconforto que sente diante da plateia.  José Mayer, grande ator, disse em entrevista no programa do Jô Soares que sempre fica com a mão gelada quando está no palco.

Uma das mais competentes apresentadoras da televisão brasileira, Ana Paula Padrão, em entrevista para o “Guia do Estudante” também revela que, quando precisa falar em público, fica nervosa e chega a ter insônia.  Apesar desse medo, entretanto, consegue driblar a timidez quando se apresenta diante das câmeras.

Citei esses exemplos de importantes personalidades nas mais diferentes áreas de atuação para mostrar que o medo de falar em público é um sentimento comum. Não importa a formação, a posição hierárquica, a projeção social. Sentir medo faz parte da vida da maioria das pessoas. A boa notícia é que você pode superar esse medo. Para isso é preciso trabalho, estudo e dedicação.

Para diminuir a quantidade de adrenalina liberada por causa do medo, e que provoca o nervosismo, observe as seguintes recomendações: conheça o assunto com profundidade. Saiba ordenar o raciocínio com começo, meio e fim. Pratique bastante. E aprenda a identificar suas qualidades de comunicação.

Assim, você poderá se sentir mais confiante para falar diante da plateia. Ah, e se diante do público sentir o coração batendo mais forte, as mãos geladas, ou um leve tremor nas pernas, saiba que esses fatos são normais e acontecem com quase todas as pessoas. Depois dos primeiros instantes, você queimará o excesso de adrenalina e se sentirá mais à vontade.”

 

A Sociedade Brasileira de Palestrantes oferece cursos que abordam diversas técnicas de como falar em público, apresentar-se em qualquer ambiente social e/ou profissional ou mesmo tornar-se um palestrante.

Você também tem medo de falar em público? Então se inscreva em nossos cursos para alavancar sua carreira profissional!

Matrículas pelo site, telefone ou e-mail: (51) 3907-7707 ou atendimento@sbpalestrantes.com.br

 

 

FONTE:Reinaldo Polito (Economia UOL).

SBP participa do Café com Networking em POA

 

[31-03-2016]

cafecommkt

O diretor de marketing da Sociedade Brasileira de Palestrantes, Carlos Prusch, participou ontem a noite da 15ª edição do evento que desta vez trouxe a discussão os temas “ Gestão e Liderança em tempos de crise” e “Planejamento Tributário” .

Na foto, Prusch, ladeado a esquerda por Fernando Sherer, diretor da Selfcomp, criador do evento e Thiago Alves, diretor da Action Result e executivo da ASDAP (Associação Sul Brasileira de Auto Peças) e a direita pelos palestrantes Carlos Fortes e Angelo Machado, CEO da Gerencial Auditoria.

Pages:12345»